Se quiser informar-se mais a fundo sobre os espaçadores de volume, recomendamos-lhe a leitura do artigo que encontra na área de Serviço Técnico, mas, resumindo, um espaçador é uma peça de plástico que tem como única função ocupar um determinado espaço dentro da câmara-de-ar. Isso significa que independentemente da pressão que utilizemos, podemos mudar o comportamento do amortecedor, do meio até ao fim do curso, tornando-o mais progressivo ou linear, consoante o nosso gosto e estilo de condução.

Os espaçadores não afectam a sensibilidade inicial do amortecedor.

 GRAFICO_SPACERS

O QUE FAZEM OS ESPAÇADORES?
Ao pormos um espaçador grande num amortecedor, tornamo-lo mais progressivo, porque a câmara-de-ar fica mais pequena. Isso significa que à medida que comprimimos o amortecedor, o ar tem menos espaço e aumentará rapidamente a sua dureza.

Assim, será necessário um grande impacto ou aplicar muito peso para chegar a esgotar todo o curso. Como pode imaginar, os atletas profissionais procuram uma grande progressividade, tanto nas suas suspensões como nos amortecedores, sacrificando a comodidade.

Se utilizarmos um espaçador pequeno, tornamos o amortecedor mais linear; ou seja, o seu comportamento vai ser muito similar do princípio ao fim do curso. Ao ter muito mais espaço na câmara-de-ar, à medida que o comprimimos, o seu endurecimento é menor.
Neste caso, é muito mais fácil esgotar todo o seu curso.

Sublinhe-se que os espaçadores de volume só afectam o comportamento do amortecedor na segunda parte do seu curso, o que nos permite manter a mesma sensibilidade na parte inicial, aquela que absorve as pequenas irregularidades do terreno.

 

AMORTECEDOR PROGRESSIVO
Há menos espaço na câmara-de ar e a sua dureza aumenta rapidamente do meio até ao final do curso

AMORTECEDOR DE COMPORTAMENTO LINEAR
Há muito mais espaço na câmara-de-ar e a força que temos de imprimir para chegar ao fim do curso é constante

 

UMA OPERAÇÃO MUITO SIMPLES
Se, com a pressão adequada, vir que nunca chega a utilizar todo o curso do seu amortecedor, é porque precisa de o tornar mais linear. Se, pelo contrário, vir que esgota o curso com muita facilidade, então necessita de o tornar mais progressivo.

Alterar este comportamento é muito fácil e rápido, e, conforme os casos, pode nem sequer implicar desmontar o amortecedor da bicicleta.

 

PASSO A PASSO

Raya_Naranja_divisoria

3_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-5
1. Esta é uma operação que pode ser realizada sem tirar o amortecedor da bicicleta, especialmente no caso dos Float, embora na versão X o depósito adicional dificulte um pouco mais a tarefa. A primeira coisa a fazer é medir a pressão que está a utilizar e tomar nota dela para voltar a repô-la no final do processo. É muito importante que esvazie todo o ar do amortecedor antes de abrir a câmara-de-ar. Utilize uma pequena chave allen para apertar a válvula ou um pano ou papel, para não se sujar com o óleo de lubrificação que por vezes costuma sair.
Não se assuste: não se trata de um óleo hidráulico, mas de lubrificação.
4_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-7
2. Muitas vezes é possível desenroscar a câmara-de-ar principal à mão. Porém, se lhe escorregar ou estiver muito dura, utilize uma chave de fita para evitar danificá-la.
5_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR
3. Desenrosque o corpo exterior da câmara-de-ar (a parte dourada). É uma operação que normalmente se faz à mão, emboa no caso do Float X seja mais difícil de realizar devido à câmara-de-ar adicional.
8_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-16
4. Retire o O-ring que serve de indicador do curso e desloque até abaixo o corpo exterior da câmara-de-ar. Talvez necessite de tirar também os redutores que prendem o quadro.
9_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-18
5. Assim que tenha o corpo da câmara fora, desloque o pequeno O-ring que fixa a argola de alumínio em frente ao espaçador.
9B_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-20
6. Desloque igualmente a argola de metal que segura o espaçador.
10_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-21
7. Agora já consegue aceder ao espaçador. Como às vezes estão muito encaixados na “cabeça” do amortecedor, utilize um alicate de pontas finas ou um desaparafusador pequeno. Faça-o com cautela: não é preciso imprimir muita força e não queremos danificar o amortecedor.
11_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-23
8. Verá que é muito fácil retirar o espaçador pela fenda que têm. Fixe bem a posição em que ele está antes de o retirar por completo, para que quando o colocar de novo não haja lugar para erro.
12_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-25
9. Neste caso vamos utilizar um espaçador maior para obter uma curva de comportamento mais progressiva, já que com a pré-carga correcta costumamos esgotar o curso com demasiada facilidade. Se, pelo contrário, tivéssemos dificuldade em aproveitar todo o curso, deveríamos trocá-lo por um espaçador mais pequeno.
13_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-26
10. Ponha um pouco de massa Slick Honey (é muito suave), ou, à falta dela, Float Fluid, de modo a cobrir todo o amortecedor.
14_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-27
11. Use as duas mãos para encaixar correctamente o espaçador de novo no seu lugar.
É importante que o faça com a fenda onde encaixará a argola metálica na posição adequada.
15_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-28
12. Desloque a argola metálica até encaixar no espaçador.
16_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-29
13. Desloque igualmente o O-ring que segura a argola metálica.
17_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-30
14. Envolva o veio interior com massa e feche o corpo da câmara-de-ar.
18_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-31
15. Para fechar de novo o corpo do amortecedor, recomendamos que feche totalmente o rebound. Vai ver que precisa de empurrar com força para tornar a fechá-lo. É bom sinal, indica que o sistema hidráulico está a trabalhar correctamente. Enrosque o corpo à mão e aperte de novo com a chave de fita, embora sem exagerar na força: não é necessário.
19_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-34
16. Torne a colocar o O-ring que nos serve de indicador do curso.
20_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-35
17. Volte a pôr os redutores, no caso de os ter tirado previamente.
21_BLOG_ESPACIADORES_AMORTIGUADOR-5
18. Por último, torne a introduzir a mesma pressão de ar que tinha no início da operação. Antes de ir andar de bicicleta, comprima várias vezes a suspensão e volte a verificar a pressão de ar.